Pensamentos

Discípulo x Apóstolo

Hoje aprendi a diferença entre esses dois, que sempre quis saber. Foi estudando a lição da escola sabatina dessa semana (veja aqui).

Discípulo é aquele que aprende aos pés de um mestre. Apóstolo também é discípulo, mas ele recebe uma preparação extra pra levar a mensagem recebida a outras pessoas.

Logo, nós, cristãos, seguindo a ordem que nos foi dada pelo próprio Jesus (“Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;” (Mat. 28:19)), temos que ser discípulos E apóstolos.

Temos que estar sempre aprendendo aos pés de Jesus, mas também temos que levar o que aprendemos a outros.

Gostei muito do que foi falado no auxiliar da lição: “Uma das funções da igreja – o grupo de crentes que já respondeu ao chamado de seguir a Cristo – deve ser a de ir a todo o mundo, a toda nação, a todos os povos e fazer mais discípulos. Eu digo a alguém, e esse diz a mais alguém, e aquele diz a outra pessoa, e assim por diante.

Mas, como os primeiros discípulos de Cristo, os que são chamados devem passar por um processo de treinamento, de forma a poderem alcançar eficazmente os outros. O primeiro passo nesse processo é a pessoa reconhecer o chamado ao discipulado. Em muitos casos, as pessoas se unem à igreja e nem percebem que foram chamadas ao discipulado – ao serviço. Elas se unem a um grupo de crentes com o desejo de ser alimentadas, em vez da determinação de alimentar. É responsabilidade da igreja ajudar os novos crentes a entender que foram chamados para o serviço.”

Esse deve ser o nosso alvo, o nosso objetivo maior. Porque “Vocês são a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade construída sobre um monte. E também, ninguém acende uma candeia e a coloca debaixo de uma vasilha. Ao contrário, coloca-a no lugar apropriado, e assim ilumina a todos os que estão na casa. Assim brilhe a luz de vocês diante dos homens, para que vejam as suas boas obras e glorifiquem ao Pai de vocês, que está nos Céus” (Mt 5:14-16, NVI).

About these ads

Single Post Navigation

5 thoughts on “Discípulo x Apóstolo

  1. Gostei do comentário,Heim! Continui firme.

  2. Gostei muito de saber a diferênça entre apóstolo e discipulo. Muito obrigado pela ajuda, bjs e que deus te abençoe.

    ass: Beatriz

  3. Boa Noite Daniella esses dias fui indagado por um membro da congregação sobre a idéia de apóstolo, porque os discípulos foram chamado de apostolos , se todo crente é apostolo, o que leva uma pessoa a ser reconhecida como apostolo se esse ministério é para os dias de hoje e dessa maneira além daquilo que eu ja sabia fui forçado a estudar mais para que não deichasse nenhuma dúvida para os irmãos. Dentro do que conheço desde já quero dizer que não sou pastor apenas um estudante da Bíblia, vi que há uma distinção entre discípulo e apostolo pesquisando esse termo vi sua matéria gostei entendi o que vc quis dizer no entanto se afirmamos que todos cristão ao atender uma ordem dada por Cristo ele ja é ai um apostolo ferimos a Bíblia pois ela não afirma isso, discípulo sim apóstulo não pois podemos ver que no N.T muitos foram discípulos mais nem todos foram apóstolos isso porque para ser apóstolo ele tinha que ter um ofício muito especial e peculiar. Uma prova disto é que Jesus chamou os 12 discípulos (Mt 10) e “…deu-lhes poder sobre os espíritos imundos, para expulsarem, e para curarem toda enfermidade e todo mal”. No v.1, Mateus os chama de discípulos e no versículo 2 muda para apóstolos. Por que isso? Porque nem todo discípulo era apóstolo. Só alguns discípulos tornaram-se apóstolos.
    Provamos isso ao ler Lucas 6:12-13. “… chamou a si os seus discípulos, e escolheu doze dentre eles, aos quais deu também o nome de apóstolos”. Somente doze dos discípulos foram nomeados e escolhidos.
    A palavra “apóstolo” vista nos dicionários é alguém “enviado”. Às vezes este termo é usado com este significado no Novo Testamento, porém é mais que isto. O termo diz que é um enviado com uma missão a quem são dados poderes para cumpri-la. Na Bíblia, “apóstolo” é alguém escolhido e enviado a uma missão especial como representante autorizado de quem o envia.
    Quais as marcas e sinais de um apóstolo?

    1. Teria que ser testemunha do Senhor ressurreto.
    Em Atos vemos os apóstolos reunidos no cenáculo conversando sobre quem substituiria a Judas Escariotes. No cap. 1:21-22 lemos: “É necessário pois, que, dos homens que nos acompanham todo o tempo que o Senhor Jesus andou entre nós , começando no batismo de João, até ao dia em que dentre vós foi levado às alturas, um destes se torne testemunha conosco da sua ressurreição”.
    Paulo diz que viu Jesus ressurreto: “Não sou, porventura livre? Não sou apóstolo? Não vi a Jesus, Nosso Senhor?” (I Co 9:1). Era ele dizendo que vira Jesus ressurreto no caminho de Damasco e era testemunha disto.

    2. O apóstolo tinha de ter um chamado especial para exercer este ofício. Ele foi chamado pelo próprio Senhor.Há algo admirável aqui. O Senhor escolhe um homem para apóstolo, quando antes este mesmo homem tinha sido um dos seus maiores inimigos. Um homem com quem Jesus não estivera durante Seu período aqui no mundo, quando encarnado; alguém que não ouvira Seu ensino, não vira Seus milagres, que não O vira na cruz, que não estivera com os doze no cenáculo quando lhes apareceu após a ressurreição; era um blasfemador, um perseguidor do cristianismo. Como pode ser isto? Mas o Senhor se revela a Paulo e o chama, exatamente como chamou aos outros. Lemos em 1Co 15:7 – “Depois, foi visto por Tiago, mais tarde, por todos os apóstolos e, afinal, depois de todos, foi visto também por mim, como por um nascido fora de tempo”. Ele está dizendo como Jesus lhe aparecera e o comissionara para ser apóstolo, mesmo depois do Pentecoste, mesmo depois do Senhor fazer várias revelações a pessoas especialmente escolhidas. Paulo vai a Damasco “respirando ameaças e mortes” e o Senhor aparece e o comissiona dizendo: “Mas levanta-te e firma-te sobre teus pés, porque por isto te apareci, para te constituir ministro e testemunha, tanto das coisas em que me viste como daquelas pelas quais te aparecerei ainda, livrando-te do povo e dos gentios, para os quais eu te envio para lhes abrir os olhos e convertê-los das trevas para a luz e da potestade de Satanás para Deus, a fim de que recebam eles remissão de pecados e herança entre os que são santificados pela fé em mim” (Atos 26:16-18). Ele mesmo diz que não foi “desobediente à visão celestial” que teve. Um comissão de proclamar a verdade de forma autoritativa.

    3. Era alguém a quem foi dada autoridade e comissão de operar milagres. Isso fica bem claro em II Co 12:12 – “Pois as credenciais do meu apostolado foram manifestados no meio de vós com toda a persistência, por sinais prodígios e poderes miraculosos”.

    4. Não podemos esquecer desta outra marca do apostolado: A verdade lhe foi ensinada pessoalmente pelo Senhor. Em Gálatas 1:11-12 Paulo diz: “Faço-vos, porém, saber, irmãos, que o evangelho por mim anunciado não é segundo o homem; porque eu não o recebi, nem aprendi de homem algum, mas mediante revelação de Jesus Cristo”. Este evangelho não foi ensinado por outra pessoa,; se fosse ele não seria apóstolo. Ele ainda diz nesta epístola aos Gálatas que foi separado desde o ventre materno pela graça de Deus, quando revelou Jesus para que O pregasse entre os gentios e para isso não consultou a “carne e sangue”, nem subiu à Jerusalém para os que já eram apóstolos antes dele mas partiu para a Arábia e depois voltou para Damasco. Três anos depois vai à Jerusalém para avistar-se com Pedro (Gl.1:15-18). Ele vaia a Pedro, mas não para aprender com Pedro pois era igual aos demais apóstolos pois a verdade lhe fora dada pessoalmente por Cristo. Por que isto é importante? Porque esta é uma credencial apostólica: “Porque eu recebi do Senhor o que também vos entreguei…” (Co.11:23). Recebe diretamente de Jesus. Ele se iguala aos demais apóstolos nisso: “Porque eu sou o menor dos apóstolos….mas pela graça de Deus sou o que sou…portanto, seja eu, ou sejam eles, assim pregamos e assim crestes” (I Co 15:9-11). Ele foi tão apóstolo como Pedro. Ao comissioná-lo o Senhor o chamou para ir aos gentios: “Dirijo-me a vós outros, que sois gentios! Visto, pois, que eu sou apóstolo dos gentios, glorifico o meu ministério” (Rm 11:13). O que Paulo deseja, é que os crentes de Roma compreendam que ele é realmente apóstolo de fato e de direito. Por que esta ênfase? Porque muitos naquela época estavam se dizendo apóstolos. Em Apocalipse 2:2: “…puseste à prova os que a si mesmo se declaram apóstolos e não são, e os achastes mentirosos”. Isto ér muito prático pois estamos vivendo uma época em que muitos estão se dizendo apóstolos ou que são da sucessão apostólica. Dentre estas e outras podemos conversar mais a respeito do tema espero que com grande respeito e carinho como eu tive pela sua posição vc possa ler e tirar suas conclusões e retornar para que possamos aprender um com o outro a respeito desse tema que é muito relevante para os nossos dias.

  4. Rafael on said:

    muito boa colocação sobre todos os argumentos aqui declarados, aprendi muito!!!
    obrigado senhor por essas pessoas que tiram nossas duvidas mesmo sem saber que assim fizeram…
    Amem!

  5. SILVIA on said:

    OBRIGADO POR ESTAS PALAVRAS
    adoro ler sobre Deus. Vou muitas vezes a fátima, missa quase todos os dias e caminhadas ao monumento na minha terra.
    Sou católica praticante, Deus terá algo bom guardado para mim. N tem sido fácil, ao longo destes 40 anos, a nivel profissional. As pessoas olham-me com estranheza, nunca tive muito e tenho tanta fé. Cada vez mais. Noto isso. Explico que vem de dentro, explico que n se explica, explico que me sabe bem estar com Deus e agradeço.
    Obrigado, rezo por todos, quem precisa , quem acha q n precisa e quem acha que há-de vir a precisar.
    Obrigado meu Deus, pelo que me tens dado todos os dias , um pouco.A mim e sobretudo aos meus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: