Pensamentos

Existe amor depois do casamento?

Em um vôo recente um homem perguntou que tipo de trabalho eu faço. Quando eu lhe disse aconselhamento matrimonial e seminários de enriquecimento de casamento, ele disse: “Eu tenho vontade de perguntar a alguém como você — o que acontece com o amor depois que casamos?” Ele me disse que tinha sido casado três vezes. Cada vez tinha sido maravilhoso antes do casamento, mas logo depois — a lua de mel definitivamente acabava!

Será que casamento destrói o amor? De forma alguma! Mas se o amor não é nutrido, ele vai morrer de morte natural seja você é casado ou mesmo que ainda namore. Às vezes, é apenas uma ligação para dizer “eu te amo”. Um bilhete escondido em uma maleta. Um jantar especial depois de uma semana longa e difícil. Não deixe ninguém lhe dizer o contrário — são as coisas pequenas que contam!

1. O segredo para manter um casamento vivo não está em “obter amor” – está em “dar amor”!
O desejo de amor romântico está profundamente enraizado na nossa constituição psicológica. Quase todas as revistas populares tem pelo menos um artigo sobre como manter o amor vivo em um casamento. Então, por que é que tão poucos casais parecem ter encontrado o segredo para um amor duradouro após o casamento? Eu me convenci que é porque nós nos concentramos em “obter o amor” ao invés de “dar amor”.

Enquanto você se concentrar no que o seu cônjuge deve fazer para você, você vai esbarrar em condenação e crítica. Que tal uma abordagem diferente? Aquela que diz: “O que posso fazer para ajudá-lo? Como posso facilitar a sua vida? Como eu poderia ser uma melhor esposa ou marido?” Dando amor! Ele vai manter o seu casamento vivo.

2. O amor romântico não dura para sempre — mas vai ficar melhor!
O amor romântico na verdade tem duas fases. Ouvimos muita coisa sobre a primeira fase — aquele estágio incrível de “se apaixonar”. É emocionante. A vida nunca foi melhor. Mas, o que muitas vezes não conseguem perceber é que a “vida média” desse tipo de amor eufórico é cerca de dois anos.

O tipo de amor que vai fazer seu casamento durar é o que eu chamo de “aliança” de amor. É um amor baseado no compromisso que você fez um para o outro no altar. Não é apenas uma irresistível paixão ou emoção. É uma escolha que você faz todos os dias de fazer alguma coisa para enriquecer a vida de seu esposo ou de sua esposa. E enquanto você faz isso, seu cônjuge irá experimentar o seu amor e, normalmente, retribuir. São pequenos atos de amor que mantém o romance no casamento.

3. Aprenda a falar a “linguagem do amor” de seu cônjuge — que vai manter o amor vivo por muito tempo após o casamento!
Claro que você não se casou para ser infeliz. Vocês estavam “apaixonados” e pretendiam amar um ao outro para sempre. Então o que aconteceu? Não é que você fosse mentiroso. Mas talvez talvez esperasse que o amor fosse em frente sem esforço. A verdade é que a experiência de estar “apaixonado” não dura muito tempo após o término da cerimônia e quando a vida real toma lugar.

Depois de descer das alturas da empolgação emocional, você deve escolher expressar o amor de maneiras que sejam significativas para o seu cônjuge. Nós tendemos a expressar o amor de maneiras que sejam significativas para nós. Ela quer que os aniversários sejam uma ocasião especial — a cada ano! Ele tem que ser lembrado que é o seu aniversário! Aprenda a falar a linguagem do amor de seu cônjuge — isso vai manter o amor vivo por muito tempo após o casamento!

4. Após trinta anos sendo um conselheiro matrimonial, estou convencido de que há cinco maneiras de falar e entender o amor emocional.
Você conhece as cinco linguagens do amor? São elas: palavras de afirmação, atos de serviço, receber presentes, tempo de qualidade e toque físico. E você tem uma linguagem de amor primária. Uma das cinco fala com você mais profundamente do que as outras quatro. Raramente um marido e sua mulher terão a mesma linguagem de amor. Tendemos a falar nossa própria língua. Então, nós esquecemos completamente o outro. Oh, nós somos sinceros. Estamos até mesmo expressando amor, mas não estamos nos conectando emocionalmente.

Soa familiar? O amor não precisa diminuir depois do casamento. Mas se você quiser mantê-lo vivo, você precisa aprender um novo idioma. E isso requer disciplina e prática — mas a recompensa é uma relação duradoura profundamente comprometida.

Adaptado a partir de “As cinco linguagens do amor, do Dr. Gary Chapman.

Anúncios

Navegação de Post Único

Uma opinião sobre “Existe amor depois do casamento?

  1. Nossa, adorei. As pessoas realmente tem que aprender a dar amor, ao invés de ficar cobrando o mesmo. Ele vem naturalmente
    =]
    Beijoss

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: