Pensamentos

“Assim como a batata, o amor acaba”

Leiam:

Marília Gabriela se irritou nesta terça-feira ao ouvir de uma repórter o nome do ex, Reynaldo Gianecchini, na coletiva para lançar o programa “De frente com Gabi”, que estreia dia 6 de junho à meia-noite no SBT . “Sei exatamente aonde você quer chegar. Eu sabia que ia partir para a baixaria. Estou separada do Giane há quatro anos e as pessoas ainda se dão ao direito de perguntar sobre este assunto”, disparou a jornalista.

Com a insistência da imprensa em saber detalhes da vida pessoal do ator, que disputa na justiça a propriedade de um imóvel com o ex-empresário, Gabi abriu a guarda e falou sobre o término da relação com o galã. “Assim como alimentos perecíveis, como a batata, o amor acaba. Eu fui absolutamente feliz com ele durante oito anos, mas o casamento acabou e cada um seguiu seu rumo. Hoje estou solteiríssima. Faço aula de inglês, francês, piano, canto, trabalho. Estou ocupada. Mas meus relacionamentos não são planejados, eles acontecem” (Retratos da Vida).

Comparar amor com batata foi forçado hein? E amor acaba? Bem, só se for esse “amor” de “celebridades”, que de amor não tem nada. Amor não é sentimento. Amor é princípio. Amor é uma decisão diária de amar “apesar de” e “por causa de”. Não estou dizendo que você tem que amar um crápula que só te faz sofrer, mas sim que, se o que existe é amor verdadeiro, isso não vai acabar por qualquer coisa, como por exemplo a famosa “incompatibilidade”. Não estou negando que um relacionamento possa acabar, dependendo das circunstâncias, o que quero dizer é que se acabou, não era amor. Podia ser paixão, fogo, brincadeira, o que quer que seja, menos amor…

Fico com a Bíblia: “O amor jamais acaba” (I Coríntios 13:8). Se houver amor mesmo, o casal pode até se separar por ‘n’ razões, que talvez impeçam a convivência, mas o amor persiste. E podem até voltar a ficar juntos.

Leia mais aqui:

“Casamento sem data de validade”

Anúncios

Navegação de Post Único

7 opiniões sobre ““Assim como a batata, o amor acaba”

  1. Eii Dani =]
    Eu tbm acho que precisaria de mta decepção pra um amor murxar. Acho que o que destrói sim uma relação, e que pode acabar, é a admiração pela outra pessoa. Não adianta ficar com uma pessoa que vc n admira, que vc n respeita…
    Mas amor não é uma coisa que sai por aí acabando.
    Nunca ouvi falar de mãe que PAROU de amar filho
    o.O
    Bjoss

  2. Pois é, pq ñ ouvimos falar q uma mãe parou de amar um filho?

    Será q só o amor q envolve erotismo acaba?

    Se for, pq só esse amor tem prazo de validade? Será q é pq as pessoas confundem o amor com o erotismo? Se sentem atração sexual já acham q amam. E se sentirem atração e tiverem mais algumas afinidades, pronto… já acham q é amor pra vida toda!

    Hello-ow!!! Qta infantilidade!!!

    Fora q o mundo por aí prega q não tem como casar sem fazer test-drive sexual antes. Depois ficam dizendo q amor acaba. Claro, esse tipo de “amor” cujo único motor é sexo, acaba mesmo!

    Pq será q o ser humano faz tanta questão de se animalizar?

  3. roberto em disse:

    “Quem tem um verdadeiro amor, cuide dele. Não permita que ele se vá para depois se dar o devido valor. Não deixe acabar para que você perceba que ele era essencial para você. O amor entre nós que eu digo é o amor de mãe. Os outros são paixões, são afinidades sexuais, são interesses. O maior e mais sincero amor é o que Deus teve e tem por nós, o qual somos incapazes de retribuir a ele, pelo nosso pecado.

    FOi por descobrir tarde demais sobre o verdadeiro amor é que me decepcionei com uma pessoa, a qual achava que sentia algo por mim. Mas tenho o consolo que não estou sozinho, pois o amor que Deus tem por mim é único, verdadeiro, e é o maior de todos!

  4. Os comentários de vcs provam que alguémns me entendem hehehehe

    • nemar em disse:

      Existe um “movimento” se formando só para exigir um texto teu por semana. Tenho duas fortes razões para me associar a essa verdadeira voz do povo: Porque eu gosto de ler tuas crônicas e para chatear. Que também eu gosto.

  5. nemar em disse:

    Uma moça entrou com um tópico, lá na Comunidade, convidando para “visitarmos” sua (dela) Comunidade sobre problemas de casais. Respondi que não existem para aqueles que antes de se transformarem em casais tivessem a certeza do amor (verdadeiro).
    Tivesse lido antes esse teu artigo seria só copiar. Imagina, ainda com uma base escrituristica, Corintios,13:8.
    Estou gostando do teu BLOGUE, mesmo.
    O Érick anuncio dizendo que escrevias bem.
    Bem mal, para mim que sou um invejoso.

  6. Os comentários do Nemar são o máximo hehehe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: