Pensamentos

Acendendo a intimidade de cinco diferentes maneiras – parte II

Lembram do post “Acendendo a intimidade de cinco diferentes maneiras”? Pois bem, agora vou postar a continuação dele. Vamos aprender hoje as outras três maneiras que estavam faltando.

Enjoy!

…………………………………

Compartilhar minhas experiências

Grande parte da vida se centraliza em torno de encontros que acontecem durante todo o dia — coisas que as pessoas dizem ou fazem, as situações que se desenvolvem. Quando eu compartilho isso com meu cônjuge sentimos que fazemos parte do que o outro está fazendo. Sentimos que somos uma unidade social. O que acontece na vida do outro é importante para mim.

Outro aspecto de intimidade social envolve nós dois fazendo coisas juntos. Assistir a um filme ou evento atlético, fazer compras ou lavar o carro juntos, ou um piquenique no parque são todas formas de construção de intimidade social. Muitas coisas na vida envolvem o fazer. Quando fazemos coisas juntos, não estamos apenas desenvolvendo um senso de trabalho em equipe, mas também estamos aumentando nossa sensação de intimidade.

As coisas que fazemos juntos muitas vezes formam nossas memórias mais vívidas. Será que vamos esquecer quando escalamos o Monte Mitchell juntos? Ou quando demos ao cão um corte de cabelo? Intimidade social é uma parte importante de um casamento em crescimento.

Compartilhar minhas convicções

O quarto componente essencial de um relacionamento íntimo é a intimidade espiritual. Somos criaturas espirituais. Os antropólogos descobriram que ao redor do mundo as pessoas são religiosas. Todos nós temos uma dimensão espiritual. A questão é: estamos dispostos a compartilhar essa parte de nossas vidas com nossos cônjuges? Quando o fizermos, nós experimentaremos uma intimidade espiritual.

Pode ser tão simples como a partilha de algo que você lê na Bíblia esta manhã, e o que isso significou para você. A intimidade espiritual é também estimulada pela experiência compartilhada. Depois de assistir o culto com o marido, uma mulher disse: “Há algo em ouví-lo cantar que me dá uma sensação de proximidade com ele.” Orar juntos é uma outra maneira de construir a intimidade espiritual. Se você não pode rezar em voz alta, então ore em silêncio, segurando as mãos. Não há palavras proferidas, mas o seu coração se aproxima do coração do outro. Assim você terá experimentado um momento de intimidade espiritual.

Partilhar o meu corpo

Porque os homens e as mulheres são sexualmente diferentes, nós geralmente chegamos à intimidade sexual de maneiras diferentes. A ênfase do marido é, na maioria das vezes, ligada aos aspectos físicos. O olhar, o toque, a sensação, a experiência de preliminares e o clímax são o foco de sua atenção. A esposa, por outro lado, vem à intimidade sexual com ênfase no aspecto emocional. Sentir-se amada, cuidada, apreciada e tratada com ternura, lhe traz grande prazer. Em suma, se ela realmente se sente amada, a experiência sexual é uma extensão do prazer emocional. A intimidade sexual requer compreensão e resposta a essas diferenças.

Deveria ser óbvio que não podemos separar a intimidade sexual das intimidades emocional, intelectual, social e espiritual. Nós não podemos alcançar a intimidade sexual sem intimidade nas outras áreas da vida. O objetivo não é apenas ter sexo, mas a experiência de proximidade, para encontrar um sentido de mútua satisfação.

(Adaptado de “A família que você sempre quis”, por Gary Chapman. Descubra mais em www.5lovelanguages.com).

Navegação de Post Único

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: